História

A Faculdade de Comunicação passou a funcionar como uma Unidade Universitária autônoma em 1987, após deliberação do Conselho Universitário de desmembrá-la da Escola de Biblioteconomia e Comunicação. Esta deliberação ocorreu na reunião do CONSUNI, realizada em 13 de novembro de 1986.

Como a Faculdade de Comunicação mais antiga e a mais importante no Estado da Bahia, a FACOM é referência nacional na formação de profissionais e de pesquisadores na área da Comunicação. O Curso de Graduação em Comunicação possui duas habilitações: Jornalismo e Produção em Comunicação e Cultura.

Com índice de 4,8301 no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), realizado em 2015, o curso de Jornalismo obteve o maior conceito ENADE contínuo do Brasil. Os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), em 08 de março de 2017, comprovam o excelente rendimento dos alunos, que obtiveram o conceito máximo (5). Dos 275 cursos de Jornalismo avaliados, apenas 18 conquistaram o índice de excelência pelo Ministério da Educação.

A Habilitação em Produção em Comunicação e Cultura, por sua vez, já conquistou posição de referência no cenário nacional e uma importante inserção dos seus egressos em diversas instituições e diferentes empresas do setor.

Da ocupação do antigo prédio da Biblioteca Central (atualmente Instituto de Saúde Coletiva), no Canela, até o atual prédio no Campus de Ondina – no qual passou a funcionar a partir de 1999, a luta e o esforço contínuo para conseguir atender às diversas atividades realizadas pelos estudantes, professores e técnicos-administrativos da FACOM, sempre marcaram a nossa história.

 Em 1990, teve início a primeira turma do mestrado com a criação do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas (PósCom), o qual, em 1995, começa a funcionar com o doutorado em Comunicação e Cultura Contemporâneas – passos decisivos para a formação pós-graduada, para o estímulo e para a consolidação da pesquisa. O PósCom já alcançou os patamares de maturidade e excelência acadêmicas.

Como Unidade “aberta ao novo”, em 2010, a FACOM inaugurou uma Área de Concentração em Cinema e Audiovisual para os alunos dos bacharelados interdisciplinares. Curso este que dialoga com uma tradição da instituição nessa área e ao mesmo tempo com a carência local de espaços de formação para uma crescente excelência técnica e artística.

Confira imagens marcantes da história da FACOM

Galeria de Diretores

- Antônio Dias: Diretor interino entre 1985-1987. Dias era o vice-diretor da Escola de Biblioteconomia e Comunicação, na qual Comunicação era um departamento. Depois de autorizada pelo CONSUNI a criação da Faculdade de Comunicação como Unidade autônoma, em 13 de novembro de 1986, ele ficou como diretor interino numa gestão pró-tempore até 1987, fazendo a transição de departamento para faculdade;

- Albino Rubim (diretor) e Marcos Palacios (vice): 1987-1988. Período que a FACOM sofreu intervenção do reitor Rogério Vargens que nomeou Ailton Sampaio (diretor) e Nívea Almeida (vice), em 1988. Ação vitoriosa contra o reitor na Justiça devolveu à FACOM o direito de fazer eleições;

- Ruy Espinheira Filho (diretor) e Sônia Serra (vice): 1989-1993;

- Albino Rubim (diretor) e Marcos Palacios (vice): 1993-1997;

- Marcos Palacios (diretor) e Wilson Gomes (vice): 1997-2001;

- Albino Rubim (diretor) e Nadja Miranda (vice): 2001-2005;

- Giovandro Marcus Fereira (diretor) e Annamaria Jatobá Palacios (vice): 2005-2009;

- Giovandro Marcus Fereira (diretor) e Jeder da Silveira Janotti Júnior (vice): 2009-2013. Com a transferencia de Jeder para outra universidade, assumiu como vice-diretor Mauricio Nogueira Tavares, cujo mandato foi até 2014. 

- Suzana Oliveira Barbosa (diretora) e Fábio Sadao Nakagawa (vice): 2013-2017. O mandato de Fábio iniciou em 31 de outubro de 2014 e foi até 18 de julho de 2017.

- Suzana Oliveira Barbosa (diretora) e Leonardo Figueiredo Costa (vice): 2017.2 a 2021.2

Congresso UFBA

Congresso acontece entre 16 e 18 de outubro na UFBA. Mais informações: http://www.congresso2018.ufba.br/

Primeiro dia para indicação das Bancas Examinadoras dos TCCs 2018.2

A indicação deverá ser feita MEDIANTE OFÍCIO pelo (a) Prof. (a) Orientador (a).

Último dia para indicação das Bancas Examinadoras dos TCCs 2018.2

A indicação deverá ser feita MEDIANTE OFÍCIO pelo (a) Prof. (a) Orientador (a).