Cultura e desenvolvimento — Projetos Culturais e a Agenda 2030

Publicado em: 04-09-2020

A Faculdade de Comunicação (FACOM │UFBA), por intermédio dos professores Sérgio Sobreira e Leonardo Costa, e a Fundação Gregório de Mattos estão em parceria com o Observatório de Políticas de Comunicação e Cultura, da Universidade do Minho, para a realização do projeto “Cultura e Desenvolvimento: Projetos Culturais e a Agenda 2030” na Bahia.

A ação está dividida em dois ciclos. O primeiro ciclo, pretende coletar dados e mapear projetos culturais de profissionais e organizações do setor cultural brasileiro, países lusófonos e ibero-americanos, que atendam as diretrizes da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável. Para além da coleta de dados, será oferecida uma formação, a partir de oficinas, para organizações e profissionais da área cultural que tem o objetivo gerar ideias de projetos culturais em rede, a partir da Agenda 2030 e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Profissionais ou organizações culturais dispostas a participar da pesquisa podem contribuir para o mapeamento enviando informações, por meio de formulário, até o dia 13 de setembro de 2020.

O que é a Agenda 2030?
Em novembro de 2015 na sede da ONU, diversos Estados e Governos assinaram a Agenda 2030 com o compromisso de promover os 17 Objetivos para Desenvolvimento Sustentável. Em conjunto, esses objetivos pretendem alcançar um crescimento mundial sustentável, inclusivo e economicamente sustentado visando fomentar a prosperidade compartilhada e trabalho decente para todos, tendo em conta os diferentes níveis de desenvolvimento e capacidades nacionais.

A Agenda é um plano de ação que busca fortalecer a paz universal tendo como meta principal a erradicação da pobreza em todas as suas formas e dimensões, combater as desigualdades; construir sociedades pacíficas, justas e inclusivas; proteger os direitos humanos, promover a igualdade de gênero, o empoderamento das mulheres e meninas; e assegurar a proteção duradoura do planeta e seus recursos naturais. 

Sobre a formação 
As oficinas serão online e gratuitas, e buscam disseminar práticas de apropriação da Agenda 2030 por parte de profissionais e organizações, públicas e privadas, do setor cultural. Prevista para iniciar em setembro de 2020, em 10 encontros, as oficinas de sensibilização e capacitação integram três componentes: 1) discussão teórico-prática, a partir de autores que abordam conceitos-chave do projeto (cultura, desenvolvimento, redes culturais) e análise de documentos que se debruçam especificamente sobre a relação da cultura com a Agenda 2030; 2) desenho de ideias de projetos culturais em rede a partir da Agenda 2030 – atividade colaborativa desenvolvida em pequenos grupos de 3 a 5 participantes, com acompanhamento tutorial; 3) apresentação e discussão das ideias de projetos construídas nas oficinas.

Para participar da seleção é necessário preencher a Ficha de Registro “Projetos Culturais e a Agenda 2030” até o dia 13 de setembro e aguardar a convocação que acontecerá nas duas primeiras semanas de setembro. O preenchimento pode ser feito por qualquer profissional ou organização cultural dispostos a participar da pesquisa, mesmo que não haja interesse em participar da oficina de capacitação nos meses de setembro e outubro. 

Congresso Intercom 2020

A realização do 43º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom 2020) foi confirmada para o ano de 2020. A edição nacional deste ano será realizada de 1º a 10 de dezembro em formato virtual, com o apoio institucional da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Esta é a primeira vez na história do congresso que ele será virtual, decisão tomada diante dos desafios impostos pela pandemia de covid-19 que inviabiliza a reunião presencial de milhares de pessoas.

O evento contará com uma programação composta por mesas-redondas, oficinas, minicursos, apresentações de trabalhos e festa online de premiação. A programação completa pode ser conferida no site da Intercom

Congresso Intercom 2020

A realização do 43º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom 2020) foi confirmada para o ano de 2020. A edição nacional deste ano será realizada de 1º a 10 de dezembro em formato virtual, com o apoio institucional da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Esta é a primeira vez na história do congresso que ele será virtual, decisão tomada diante dos desafios impostos pela pandemia de covid-19 que inviabiliza a reunião presencial de milhares de pessoas.

O evento contará com uma programação composta por mesas-redondas, oficinas, minicursos, apresentações de trabalhos e festa online de premiação. A programação completa pode ser conferida no site da Intercom

Congresso Intercom 2020

A realização do 43º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom 2020) foi confirmada para o ano de 2020. A edição nacional deste ano será realizada de 1º a 10 de dezembro em formato virtual, com o apoio institucional da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Esta é a primeira vez na história do congresso que ele será virtual, decisão tomada diante dos desafios impostos pela pandemia de covid-19 que inviabiliza a reunião presencial de milhares de pessoas.

O evento contará com uma programação composta por mesas-redondas, oficinas, minicursos, apresentações de trabalhos e festa online de premiação. A programação completa pode ser conferida no site da Intercom

Congresso Intercom 2020

A realização do 43º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom 2020) foi confirmada para o ano de 2020. A edição nacional deste ano será realizada de 1º a 10 de dezembro em formato virtual, com o apoio institucional da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Esta é a primeira vez na história do congresso que ele será virtual, decisão tomada diante dos desafios impostos pela pandemia de covid-19 que inviabiliza a reunião presencial de milhares de pessoas.

O evento contará com uma programação composta por mesas-redondas, oficinas, minicursos, apresentações de trabalhos e festa online de premiação. A programação completa pode ser conferida no site da Intercom