Habilitação em Produção em Comunicação e Cultura conquista nota máxima em avaliação do MEC

Publicado em: 14-08-2019

O curso de Comunicação com Habilitação em Produção em Comunicação e Cultura da FACOM | UFBA obteve nota máxima (conceito 5) em avaliação realizada, este mês, pelo Ministério da Educação. A avaliação inédita teve como objetivo a renovação do reconhecimento do curso e foi feita a partir da análise de informações fornecidas pela unidade, de visita in loco dos avaliadores e de reuniões com representantes da UFBA e da FACOM, como professores, dirigentes e alunos. 

De acordo com o parecer da comissão de avaliadores, a graduação oferecida pela FACOM é madura e possui uma organização didático-pedagógica excelente. A comissão também destacou o corpo docente qualificado e comprometido, bem como a boa infraestrutura da instituição, que oferece “condições de trabalho adequadas aos docentes e discentes, assim como ao corpo técnico, e (...) laboratórios de qualidade”. 

Para o vice-diretor da FACOM e coordenador do Núcleo Docente Estruturante de Produção em Comunicação e Cultura, Leonardo Costa, o resultado já era esperado. “Cinco só vem atestar o que já acreditávamos sobre o desempenho do curso: com 23 anos, vemos que ele possui qualidade em seu corpo docente, área de extensão e produção científica. Especialmente nesse contexto de ataque às universidades públicas federais, é importante ter esse atestado, para mostrar que estamos aqui produzindo e trabalhando, sempre para dar o melhor dentro daquilo que podemos”, afirmou Leonardo. 

A diretora Suzana Barbosa concorda e acrescenta que a nota é resultado do esforço de todos os envolvidos. “Toda a comunidade da Faculdade de Comunicação está de parabéns. Agora temos nota máxima em nossos cursos de graduação, pois ambas habilitações, Jornalismo e Produção em Comunicação e Cultura, são nota 5. Além do reconhecimento, é um estímulo para que continuemos firmes em defesa da universidade pública, assegurando maior inclusão e a formação qualificada", garantiu Suzana. 

Ingressantes e egressos

De acordo com a pesquisa Formação em Produção Cultural na Universidade Federal da Bahia: uma análise dos alunos egressos*, realizada em 2016, 63% dos formados estão trabalhando na área de Comunicação ou Produção Cultural. Esses profissionais hoje atuam em espaços culturais, órgãos públicos, empresas de Comunicação, produtoras ou mesmo em empreendimentos próprios. 

Um desses profissionais é Romário Almeida, egresso do curso em 2018. Romário, que atua como produtor cultural e voltou à FACOM para completar sua formação com a habilitação em Jornalismo, acredita que o curso foi mais que um espaço de aperfeiçoamento da técnica. “A graduação foi importante não só na minha formação profissional, mas principalmente em minha formação humanística e artística. Mais do que a técnica, o diferencial da FACOM é formar um profissional amplo, atento às demandas artísticas e às questões transversais à Produção Cultural”, defendeu. 

Às vésperas da colação de grau, Monique Reis, egressa do curso, diz estar contente com a notícia. “Sou grata por todas as oportunidades que o curso de Produção me proporcionou. A vivência acadêmica, os projetos de extensão, e todo o conhecimento. Tenho orgulho de ser formada em uma universidade pública, que valoriza a liberdade de expressão e auxilia na formação de um ser humano crítico, atento à diversidade”, destacou. 

Matheus Vilas Boas ainda está no primeiro semestre, mas já enxerga no seu dia a dia os motivos para atribuição do conceito de excelência à faculdade que escolheu. O estudante diz que as expectativas para o curso foram superadas. “Concordo com a avaliação em itens como a estrutura da FACOM, que tem ótimos laboratórios. Foi condizente a nota. Também fico feliz de estar em um curso com esse reconhecimento. É importante para se ampliar o conhecimento sobre o que é Produção Cultural, para que as pessoas se interessem, além de fomentar o mercado e o estudo sobre a área”, afirmou. 

O Curso

A graduação de Comunicação com habilitação em Produção em Comunicação e Cultura da UFBA é pioneira no Brasil. Inaugurada em 1996, oferece anualmente 60 vagas e forma profissionais detentores de conhecimento abrangente sobre Cultura e Comunicação. 

O curso passou, recentemente, por uma reformulação do seu Projeto Pedagógico (PPC) que, depois de 2 anos de trabalho e participação de todos os setores (fundamentalmente do NDE do curso), resultou num projeto pedagógico atualizado e alinhado com as diretrizes curriculares nacionais. 

Apesar da avaliação feita pelo Ministério da Educação ser inédita, a qualidade do curso já foi legitimada em outras ocasiões. O Guia do Estudante Melhores Universidades, levantamento realizado pela editora Abril, atribuiu em diversas edições nota máxima à graduação da FACOM, identificando-a como uma das melhores do país.

*COSTA et al., 2016

Disponibilização do guia de oferta de componentes curriculares na WEB e nos Colegiados dos cursos de Graduação

Disponibilização do guia de oferta de componentes curriculares na WEB e nos Colegiados dos cursos de Graduação

31-01-2022

Primeiro dia de matrícula web

Primeiro dia de matrícula da graduação. 
Período: 01 a 06/02/2022. 

Segundo dia de matrícula da graduação. 

Segundo dia de matrícula da graduação. 
Período: 01 a 06/02/2022. 

Terceiro dia de matrícula da graduação. 

Terceiro dia de matrícula da graduação. 
Período: 01 a 06/02/2022