Confira história por trás dos brasões e logotipos utilizados pela Faculdade de Comunicação

Publicado em: 17-11-2022

A Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia recebeu oficialmente sua primeira representação em imagem em 1992, quando a Universidade deu a Victor Hugo Carneiro Lopes a missão de renovar o acervo de brasões de armas para as unidades de ensino. O brasão da FACOM contém o símbolo extraído do próprio brasão da UFBA — o ramo de oliveira — ao lado do símbolo que representa a Faculdade: a junção de uma pena, duas trombetas e um compasso. 

O Brasão de armas da FACOM é usado especialmente em contextos institucionais — no site do Repositório Institucional, o brasão está ao lado dos de outras Escolas, Faculdades e Institutos. O brasão também consta no site da FACOM, além de ser usado em outras aplicações, embora de forma mais restrita do que os logotipos que seriam criados posteriormente.


Identificação: Brasão da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia

Criação: Victor Hugo Carneiro Lopes 

Ano de criação: 1992

Lema: TIBI DUX VERUM. 

Comentário por Victor Hugo Carneiro Lopes: “Os quartéis I e IV refletem o escudo da Universidade Federal da Bahia, à qual pertence a unidade referida. Os campos restantes ostentam a pena, as trombetas e o compasso alusivo ao equilíbrio funcional, alegorias consagradas respectivamente, à imprensa, publicidade e relações públicas cursos desta Faculdade que, na expressão do seu lema “Tibi dux verum”, toma por guia a verdade”. (Fonte: Brasões Da Ufba: Estudo Da Informação Em Uma Abordagem Semiótica). 


Em 1994, a partir de uma necessidade identificada pela própria instituição, é criado o primeiro logotipo da Faculdade de Comunicação. O à época docente Renato da Silveira foi responsável pelo projeto. Inspirado pela comunicação de códigos por bandeiras, criou uma imagem colorida e com movimento que representou a FACOM por mais de uma década. 

Identificação: Primeiro logotipo criado para a FACOM.

Criação: Renato da Silveira 

Ano de criação: 1994

Comentário por Renato da Silveira: “A FACOM não possuía logo e precisava de um. A marca criada é inspirada na comunicação de códigos da marinha por meio do semáforo de bandeiras (sistema que transmite informações à distância por meio de sinais visuais). Na época, o logotipo foi muito bem aceito, tido como uma ideia boa e original. Diferente de tudo que tinha sido feito até então na universidade, que não possuía grandes experiências neste sentido”.

A marca criada por Renato da Silveira tem uma versão comemorativa criada em 2007, em lembrança aos 20 anos da Faculdade de Comunicação, que também passa a ser usada pela instituição. 

 


Em 2006, é lançada na FACOM a Revista Lupa, produção experimental vinculada aos cursos de Jornalismo e de Produção em Comunicação e Cultura. Com a publicação, surge também a necessidade de um olhar mais moderno e visualmente “simples” para os aspectos gráficos da revista, incluindo o logotipo da FACOM utilizado. À Alice Vargas, na época egressa da instituição e especialista em Design Gráfico, foi dada a tarefa de pensar uma nova marca que refletisse isso. O brasão elaborado usou como elemento principal o já conhecido ramo de oliveiras do brasão da UFBA e, apesar de ter sido elaborado para uma demanda pontual, passou a ser utilizado em inúmeras outras aplicações, de forma simultânea ao logo oficial criado por Renato da Silveira. 

Identificação: Logotipo intermediário. 

Criação: Criado por Alice Vargas, egressa do curso de Produção em Comunicação e Cultura da FACOM. 

Ano de criação: 2006

Comentário por Alice Vargas: “O selo foi criado com o propósito de ser utilizado na revista laboratório Lupa. A criação foi totalmente baseada no brasão, aproveitando a estrutura mais marcante. A ideia era deixar a marca mais orgânica, seguindo a nova linha gráfica da revista Lupa”. 

 

 


O logotipo utilizado atualmente na FACOM foi oficialmente apresentado como a marca da unidade em 2015, durante a gestão da diretora Suzana Oliveira Barbosa e do vice-diretor Fábio Sadao Nakagawa. Antes de ser a marca oficial da instituição, a imagem que deu origem ao logotipo já era utilizada na placa externa identificativa da unidade. A imagem foi redesenhada digitalmente pela professora Carla Risso e até hoje é o logotipo utilizado oficialmente pela Faculdade de Comunicação. 

Imagem na fachada que deu origem ao Logotipo da FACOM

Identificação: Logotipo utilizado atualmente pela Faculdade de Comunicação. 

Adaptado por Carla Risso

Comentário por Carla Risso: “Em 2014, quando assumi o cargo de professora na FACOM, notei que havia duas marcas em uso: uma  na fachada e outra na comunicação institucional. A Diretora, à época a professora Suzana Barbosa, pediu que eu fizesse um estudo para estabelecer uma marca única. Optamos pela marca da fachada, com cores quentes que, na psicologia das cores, estão associadas ao entusiasmo, alegria, criatividade, determinação, atração, sucesso, encorajamento e estímulo. O conceito, que envolve os círculos concêntricos, além de remeter ao sol de Salvador, representa a comunicação que se espalha em ondas, perpassando várias camadas sociais”. 

Versão comemorativa aos 30 anos da FACOM adaptada da marca corrente. A imagem foi utilizada entre 2017 e 2020. 

Envio da versão definitiva do TCC para depósito no Repositório Institucional

Envio da versão definitiva do TCC de concluíntes de 2022.2 para depósito no Repositório Institucional

Final semestre 2022.2

Congresso UFBA

O Congresso UFBA 2023 já tem data: será de 15 a 17 de março do próximo ano, e as inscrições e submissões de atividades já estão abertas. Oitavo evento da série iniciada em 2016, o Congresso do próximo ano retoma seu tradicional formato presencial, após três edições realizadas remotamente, em função da pandemia.

O prazo limite para submissão de propostas é 18 de novembro de 2022. Todas as informações necessárias para inscrição e proposição de atividades à programação do evento estão disponíveis no site http://www.inscricaocongresso2023.ufba.br/. Estudantes, professores, técnicos e terceirizados da comunidade UFBA que estejam inscritos podem submeter propostas de atividades à programação do evento, em três diferentes modalidades. 

Qualquer pessoa, inscrita ou não, poderá assistir às atividades da programação do Congresso, mas os certificados de participação serão emitidos apenas para os participantes inscritos.

Congresso UFBA

O Congresso UFBA 2023 já tem data: será de 15 a 17 de março do próximo ano, e as inscrições e submissões de atividades já estão abertas. Oitavo evento da série iniciada em 2016, o Congresso do próximo ano retoma seu tradicional formato presencial, após três edições realizadas remotamente, em função da pandemia.

O prazo limite para submissão de propostas é 18 de novembro de 2022. Todas as informações necessárias para inscrição e proposição de atividades à programação do evento estão disponíveis no site http://www.inscricaocongresso2023.ufba.br/. Estudantes, professores, técnicos e terceirizados da comunidade UFBA que estejam inscritos podem submeter propostas de atividades à programação do evento, em três diferentes modalidades. 

Qualquer pessoa, inscrita ou não, poderá assistir às atividades da programação do Congresso, mas os certificados de participação serão emitidos apenas para os participantes inscritos.