Índice

Introdução
O Jornalismo na
Era Digital
O Jornal como Metáfora
Produzindo uma Publicação Digital
O Planejamento
O Design
O Layout
Hipertexto
Multimídia
Animações
Interatividade
O E-mail
Notícias
Personalizadas
Notícias Personalizadas II
A Estrutura
Comercial
Classificados Online
Micropagamentos
O Fim do Jornal Impresso?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


manta@ufba.br
Mande um e-mail !
Design by André Manta
Última atualização:
Outubro de 1997

Interatividade

Com a entrada de jornais e revistas na Internet um novo modelo de jornalismo está sendo criado. Os sites noticiosos estão se transformando em veículos de comunicação que reúnem características de diferentes mídias, como a instantaneidade do rádio, a agilidade da televisão, a capacidade de detalhamento e análise dos fatos jornalísticos das publicações impressas, as possibilidades de armazenamento de informações dos sistemas de informática e a interatividade da multimídia.

Neste novo modelo, as notícias nos serviços online e publicações digitais na Web não são distribuídas, como nas formas anteriores de jornalismo (mídia impressa, rádio, TV, etc), mas sim disponibilizadas em redes globais de computadores. Isto quer dizer que é preciso haver um "movimento ativo" do leitor em busca das informações que lhe interessam em site noticiosos. Os jornais e revistas na Internet precisam ser acessados pelo usuário a partir de um endereço específico na WWW.

Outro aspecto que chama atenção no jornalismo digital é a junção entre comunicação massiva e interatividade. Há até pouco tempo, a dissociação entre massivo e interativo era clara no âmbito da comunicação. Uma coisa ou outra. O telefone é interativo, mas não massivo, na medida em que é apenas uma extensão tecnológica de um diálogo entre dois interlocutores; a televisão, o rádio, as mídias impressas são massivas, porém não interativas. O jornalismo na Internet é, no entanto, massivo e interativo.

Para aproveitar o potencial interativo da rede, uma boa opção é implantar chats nos sites noticiosos na Web. Os chats são canais de bate-papo online onde os usuários podem conversar entre si, em tempo real, em "salas" virtuais, divididas por categorias ou temas. Estes canais são ideais para realizar sessões de bate-papo entre os leitores e a equipe da redação de publicações digitais ou para promover debates com pessoas famosas, como, por exemplo, políticos em época de eleição, atores, cineastas, músicos, etc.

Um modelo de sucesso é o bate-papo do Universo Online (http://chatter.uol.com.br/batepapo/), a seção que tem o maior número de acessos do site. No chat do UOL, jornalistas da Folha de São Paulo e integrantes da equipe do serviço já foram convidados para conversar com os leitores, assim como muitas personalidades de destaque, como os atores Ney Latorraca e Marcos Nanini, o humorista Jô Soares, o publicitário Nizan Guanaes, o atual prefeito de São Paulo Celso Pitta, os músicos Gilberto Gil, Elba Ramalho, Chico César e Lou Reed, entre outros.

Outra boa idéia para tornar os sites noticiosos mais interativos é a criação de pesquisas e enquetes online sobre temas polêmicos. Através de formulários em HTML e scripts CGI, ou mesmo via e-mail, o leitor pode enviar sua opinião, que instantaneamente é armazenada nos bancos de dados dos jornais e revistas digitais. Depois, é só disponibilizar os resultados ou mesmo produzir uma matéria sobre o tema abordado utilizando os dados da pesquisa.


Guia do Jornalismo | Bibliografia Online | Jornais na Web | Links Úteis